Postagens

Agroales | Soluções para o agronegócio

Entregas do PAA atendem mais de 4 mil pessoas no sul do Rio Grande do Sul

Imagem
Quase 12 mil quilos de alimentos produzidos pela agricultura familiar vão atender 4.348 pessoas em situação de vulnerabilidade alimentar em municípios da região sul do Rio Grande do Sul. A entrega dos alimentos adquiridos pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) começou na semana passada, em Pelotas, mas o projeto abrange ainda os municípios de São José do Norte e Rio Grande.Esta é uma ação do Programa de Aquisição de Alimentos, na modalidade de Compra com Doação Simultânea (PAA-CDS), executado pela Conab, com recursos repassados pelo Ministério da Cidadania. Os alimentos foram produzidos por 34 famílias de agricultores de Pelotas, Arroio do Padre, Canguçu e São Lourenço do Sul, reunidos pela Cooperativa dos Apicultores e Fruticultores da Zona Sul (Cafsul).O projeto, no valor de R$ 244 mil, é desenvolvido em parceria com o Sesc, unidade de Rio Grande. Serão doados alimentos hortifruti, como abóbora, alface, batata, beterraba, brócolis, cheiro verde, couve, couve-f…

Bônus do PGPAF diminui com a volta do crescimento da economia

Imagem
Com a retomada da economia em muitos estados, a cotação do mercado de produtos que integram o Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF) este mês está se recuperando. O número de itens na lista também diminuiu, mesmo com a inclusão do açaí amazonense e a borracha natural do Tocantins, assim como o percentual de garantia a que o produtor tem direito. O bônus oferecido pelo governo federal é calculado pela Companhia Nacional Abastecimento (Conab), com base no valor médio de mercado. A portaria com a lista de todos os produtos foi publicada no Diário Oficial da União, com validade a partir desta segunda-feira (10) até 9 de setembro próximo.No caso do açaí, o produtor do Amazonas vai receber 11,5% de bônus, percentual menor do que foi oferecido no mês passado a outros estados, quando chegou a 37% . O preço de garantia é de R$ 1,13 para uma cotação média de mercado de R$ 1 por quilo do fruto. O estado do Acre recebe 7,08% e o Amapá, 9,73%. Já a borrach…

Investimento na agricultura familiar supera R$ 4 milhões no estado

Imagem
Os agricultores familiares de Rondônia contarão com pouco mais de R$ 4,2 milhões no apoio à comercialização dos produtos. O investimento acontece por meio do Programa de Aquisição de Alimento (PAA), executado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em parceria com os ministérios da Cidadania (MC), Agricultura (Mapa) e Economia (ME). Cerca de 977 toneladas de alimentos hortifrutigranjeiros serão distribuídos a instituições socioassistenciais e educacionais que atendem pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional no estado.Neste ano, as inscrições para o PAA foram divididas em dias fases. A segunda etapa, encerrada em julho, teve inscrição de 25 propostas de organizações da agricultura familiar rondoniense, chegando a uma demanda de R$ 3,51 milhões. Deste total, 19 projetos foram contemplados, seguindo as regras de classificação determinadas pelo grupo gestor do programa. Os investimentos para essas propostas chegam a R$ 2,78 milhões, atingindo o lim…

3º Workshop explica obrigações para finalização de contratos do PAA CDS 2020

Imagem
Nesta segunda-feira (10), às 14 h, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) promoverá um workshop virtual, com o objetivo de capacitar as organizações que foram selecionadas para participar do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), na modalidade de Compra com Doação Simultânea (CDS), proposta 2020, em São Paulo.Participam do treinamento representantes das 53 propostas classificadas para operar o PAA nesta etapa. Ao todo, foram contempladas associações e cooperativas da agricultura familiar em 32 municípios do estado, com investimento superior a R$ 7,4 milhões. Comparecem também ao encontro representantes dos Bancos de Alimentos Municipais e Sesc Mesa Brasil, entidades assistenciais cadastradas nos projetos, que receberão os alimentos como doação.Os assuntos pautados para a reunião dizem respeito ao envio de documentação obrigatória na finalização dos contratos, a abertura de contas, a liberação de recursos, e outros tópicos constantes do Manual de Operações da Con…

Babaçu tem custo de produção em pesquisa em cinco municípios

Imagem
Durante todo o mês de agosto, técnicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realizam pesquisa em municípios maranhenses e coletam dados para o cálculo do custo de produção da amêndoa de babaçu no estado.Em razão da pandemia de COVID-19, o trabalho é realizado de forma remota, por meio de contato telefônico com técnicos do Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu (MIQCB), além de Secretarias de Agricultura e Sindicatos dos Trabalhadores Rurais (STTR) dos municípios de Codó, Pedreiras, Vargem Grande, Imperatriz e Zé Doca.Dentre os itens analisados pelos técnicos da Conab, destacam-se: transporte, combustível, eletricidade, mão-de-obra, ferramentas e sacaria. As informações levantadas servirão para subsidiar a elaboração dos preços utilizados pelo governo federal na execução de programas e políticas de apoio ao produtor.No caso do babaçu, os dados serão aplicados na Política de Garantia de Preços Mínimos para os Produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-B…

Safra deste ano deve ser 3,8% superior à de 2019, prevê IBGE

Imagem
A produção brasileira de cereais, leguminosas e oleaginosas deve fechar o ano de 2020 em 250,5 milhões de toneladas. Caso a estimativa de safra feita em julho pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) se confirme, a produção será 3,8% superior à registrada em 2019, ou seja, 9 milhões de toneladas a mais.A estimativa de julho é 1,3% superior ao levantamento do IBGE feito no mês anterior. A área a ser colhida neste ano, de acordo com a estimativa, é de 64,9 milhões de hectares, ou 2,6% acima da área de 2019.Entre as principais lavouras de grãos do país, são esperadas altas em 2020 nas safras de soja (5,9%), arroz (7,3%), trigo (41%) e sorgo (6,4%). O algodão herbáceo deve manter a produção de 2019. São esperadas quedas no milho (0,8%) e feijão (4%).Outros produtosSão esperadas altas para a cana-de-açúcar (2,4%), assim como o café (18,2%) e a laranja (4,1%).Por outro lado, estima-se quedas nas safras de batata-inglesa (10,6%), banana (5,2%), tomate (5%), mand…