Últimas Notícias

Governo de MT propõe acordo para uso do TerraClass

A Embrapa e o Governo de Mato Grosso iniciaram nesta quarta-feira (28) as negociações para a elaboração de um acordo de cooperação de uso da metodologia do TerraClass – projeto resultado da parceria entre a Embrapa e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em áreas de Mato Grosso.

A demanda pela atuação da Embrapa em parceria com Mato Grosso em projetos de monitoramento de áreas do estado e também em outras ações foi apresentada pelo secretário estadual de Meio Ambiente, André Luís Torres Baby, e pelo secretário-executivo Everson Cézar Gomes Metelo, durante reunião articulada pelo senador Cidinho Campos (PR-MT) com o presidente Maurício Lopes. Também acompanhou a comitiva o deputado Ederson (Xuxu) Dal Molin (PSC-MT).

Lançado em 2011, o TerraClass é realizado em parceria com o Centro Regional da Amazônia (Inpe) e a Embrapa Informática Agropecuária (Campinas, SP). Seu objetivo é qualificar o desflorestamento da Amazônia Legal e fazer uma avaliação da dinâmica do uso e ocupação das áreas desflorestadas, tendo por base as áreas desflorestadas mapeadas e publicadas pelo Projeto Prodes (Monitoramento da Floresta Amazônica Brasileira por Satélite) e imagens de satélite.

Os dados permitem um planejamento muito mais integrado da relação entre o uso da terra para agropecuária e a conservação ambiental. Esse entendimento é fundamental para uma visão estratégica e na criação de cenários para o futuro da agricultura brasileira e da conservação do Cerrado.

"O TerraClass é uma ferramenta importante para o aprimoramento do sistema de gestão ambiental do território, pois contribui na geração de informações qualificadas para pensar o zoneamento agroecológico e o zoneamento de risco, influenciando, inclusive, na formulação de políticas públicas ou para seu aprimoramento", ressaltou Lopes durante a visita dos representantes do governo estadual e dos parlamentares. Ele destacou ainda a importância de estados e municípios passarem a olhar para a paisagem e para o território com uma visão estratégica de negócio.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, o projeto será de grande importância para o governo de Mato Grosso, pois os dados gerados a partir do Terra Class permitirão integrar e qualificar as informações ambientais e agrícolas do estado.

Por Maria Clara Guaraldo

Fonte: Embrapa 

Nenhum comentário