Últimas Notícias

Expocafé apresenta novidades que vão além da lavoura

A Expocafé 2018 traz aos cafeicultores de diversas regiões do Brasil e de países da América Central, que visitam a feira, opções em maquinários, insumos e tecnologias para a atividade. Nesta edição, os expositores estão apresentando também itens que vão além da lavoura. “Esse é um reconhecimento de que o público da feira é de formadores de opinião e de tomadores de decisão”, avalia o coordenador de Negócios, Antônio Nunes.

Há 18 anos participando da Expocafé, a empresa Paz Pazini, do Paraná, comercializa artigos de cutelaria e, nesta edição, já comemora aumento nas vendas. “As pessoas procuram muito por facas e canivetes, mas trouxemos novidades este ano, como tábuas com garfo e faca, afiador de facas e minimoedor de café”, diz o representante Altemar Silva.

Pela primeira vez, a versão itinerante do Empório de Tecnologias da EPAMIG veio para a Expocafé com produtos que já se destacam entre os mais procurados. Além do café, o vinho e o azeite produzidos pela empresa são sucesso no estande. A Cocatrel também já percebeu procura maior dos consumidores neste segundo ano que traz para o estande cafés e laticínios. “Aqui temos a oportunidade de mostrar nossos produtos para um público que não têm como visitar a loja. Já é um sucesso nossa participação este ano”, ressalta o responsável pelas vendas, Francisco Ferreira.

Novidades para pequenos e grandes produtores

Nesta quinta-feira (17), a dinâmica de máquinas, realizada no Parque Cafeeiro do Campo Experimental da EPAMIG em Três Pontas, apresentou aos participantes novidades em equipamentos de grande e pequeno porte. Em quatorze estações foi demonstrado o funcionamento de derriçadeiras, motosserras, sopradores, tratores e colhedora pelos próprios expositores, além de práticas de manejo e informações sobre cultivares de café em momentos comandados por profissionais da EPAMIG, Ufla e Emater-MG.

De olho nos bons preços, os irmãos Roberto Vítor e Ronaldo Rodrigues, cafeicultores de Três Pontas, compraram duas roçadeiras e saíram da feira levando os equipamentos. “Queremos comprar outros equipamentos de pequeno porte e já levar para utilizarmos amanhã mesmo na lavoura”, disseram.

Outros dois momentos, nesta quinta-feira, 17, proporcionaram ao público interação e troca de experiências. Cada vez mais presentes no universo do agronegócio, as mulheres, suas experiências de superação e sucesso foram o foco no 1º Encontro das AgroMulheres. Miriam Xavier, Lidiane Faria, Carla Machado e Iandra Vilela compartilharam suas experiências no encontro. Quatro histórias distintas com pontos em comum: mulheres que encontraram obstáculos pelo caminho, arregaçaram as mangas, encararam os desafios e conquistaram muitas vitórias não querem parar por aí.

Na palestra sobre “Certificação Orgânica por Auditoria”, os cafeicultores tiveram a oportunidade de aprender sobre a certificação e todo o procedimento necessário para chegar aos mercados nacional e internacional, a legislação brasileira e a conformidade dos processos de acordo com o previsto em lei. Segundo o engenheiro agrônomo Bruno Burigo, palestrante e consultor da certificadora EcoCert, é a primeira que a empresa participa da Expocafé. “As hortaliças predominam no segmento de orgânicos não apenas em nossa certificadora, mas em todo o país. Percebemos no evento uma oportunidade para ampliar a presença do café dentro da carteira de produtos orgânicos certificados pela nossa instituição”, afirma.

A Expocafé termina nesta sexta-feira, 18 de maio. A programação acontece no Campo Experimental da EPAMIG em Três Pontas, de 8h às 18 horas. A entrada é gratuita. Informações: www.expocafe.com.br
 
Fonte: SEAPA

Nenhum comentário