Últimas Notícias

Pocilgas Hotéis na China: Chineses verticalizam suas granjas para acelerar expansão

Na montanha Yaji, no sul da China, eles dizem que os porcos em breve viverão mais do que nunca. 

A empresa agrícola de propriedade privada Guangxi Yangxiang Co Ltda já está executando duas operações de reprodução de porcas de sete andares, e está colocando mais quatro, duas com até 13 andares, que serão os edifícios mais altos de seu tipo globalmente. 

Apelidados de "hotéis" de suínos, as pocilgas de vários andares e de alta tecnologia foram testados na Europa, mas largamente abandonados em detrimento da resistência do consumidor a grandes fazendas intensivas - térreas ou não - ou dificuldades de gestão. 

Agora, à medida que a China avança com a rápida industrialização do maior rebanho de suínos do mundo, as residências de alto padrão estão se tornando uma tendência crescente, apesar de seu alto custo. Yangxiang terá 30.000 matrizes, comparado com uma fazenda de criação de 10.000 matrizes de um nível mais típica. 

Ele disse que reduz o risco de os suínos pegarem doenças gerenciando cada andar como uma fazenda separada. Os funcionários trabalham no mesmo andar todos os dias e não se movem pelo edifício. Nem os porcos. Novas porcas introduzidas no edifício entram no piso superior e são movidas para o andar relevante por elevador. 

O sistema de ventilação também é projetado para evitar a circulação de ar entre os andares, disse o gerente Jiang Wei. O ar entra nos edifícios através dos canais ao nível do solo e sai através de um escape central. Ventiladores de extração de alta pressão no telhado empurram o ar para fora de uma chaminé de 15 metros, espalhando-o longe dos prédios vizinhos. 

O ar também é tratado com poderosos filtros de Camfil em sua saída, ajudando ainda mais a impedir a disseminação de doenças. O design ambicioso não é sem seus céticos. Xue Shiwei, da Pipestone China, uma empresa de administração de fazendas, disse que a doença desenfreada no setor pecuário da China se torna ainda mais arriscada, com mais animais sob o mesmo teto. 

Uma fábrica de ração no local poderia aumentar ainda mais a disseminação de doenças, disse ele. Há também a preocupação de que um surto de doença leve a um extenso abate dos animais infectados. 

Empresas como Yangxiang estão injetando muito mais dinheiro nos novos prédios - cerca de 30% a mais do que em outras fazendas - mesmo com os preços de suínos na China pairando em baixa há oito anos e empresas menores paralisam a expansão ou até mesmo começam a abater porcas matrizes. 

A tendência ressalta até que ponto os produtores pecuários do país estão preparados para se expandir em uma tentativa de ganhar participação no mercado à medida que a China revisa seu modelo agrícola.

Confira o vídeo aqui (inglês): Pocilgas Hotéis na China 

Nenhum comentário