Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2019

Uma oportunidade chamada Indicação Geográfica

Imagem
Na antiguidade, já havia produtos de qualidade superior associados a um território, a exemplo das tâmaras egípcias e dos vinhos romanos. No século XVII, países europeus elaboraram normas de proteção aplicadas ao queijo Roquefort, na França, e ao vinho do Douro, em Portugal. Isso fundamenta as bases das Indicações Geográficas (IG). Hoje, salames italianos, presuntos espanhóis, vinhos franceses, doces portugueses, azeites gregos, cachaças brasileiras e chás indianos também fazem parte de um mercado que inclui 40 mil produtos com IG em todo o mundo e movimenta bilhões de dólares/ano.

No Brasil, o registro de IG teve início em 1996. Atualmente são 51 Indicações de Procedências (IP) e 11 Denominações de Origem (DO). Outras 30 estão em análise no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). Uma IP é o reconhecimento de um local ou região que se tornou notório por produzir ou extrair um produto. Exemplo da carne bovina do Pampa e vinhos moscatéis de Farroupilha (RS), erva-mate de S…

Integração lavoura-pecuária-floresta é oportunidade de negócio para produtores brasileiros

Imagem
Pesquisador da Embrapa Florestas aponta inúmeros benefícios econômicos e ambientais na adoção do sistema

Vanderley Porfírio-da-Silva, pesquisador da Embrapa Florestas em sistemas agrossilvipastoris, apresentou durante o 6º Workshop Embrapa Florestas/Apre, as oportunidades para a pecuária brasileira com o uso da integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF).

O pesquisador lembrou que o assunto tem evoluído desde os primeiros estudos realizados entre os anos de 1970 e 1980, quando o enfoque estava no produto florestal com o gado usado em plantações florestais convencionais. O objetivo na época era obter benefícios do controle do desenvolvimento das plantas não desejadas no sub-bosque e melhorar o fluxo de caixa nos primeiros anos de crescimento florestal.

Já na década de 1990, havia o enfoque florestal, no qual eram consorciados a agricultura e o pastoreio visando à obtenção dos benefícios do cultivo agrícola no crescimento das árvores e a melhoria do fluxo de caixa nos primeiros anos de…

Bem-estar animal na produção de ovos é tema de treinamento no ES

Imagem
Avicultores, profissionais e estudantes de graduação e pós-graduação estão convidados a participar da atualização e treinamento em bem-estar animal na produção de ovos que acontece no dia 6 de junho em Venda Nova do Imigrante-ES.

Durante o treinamento vão ser discutidos os avanços técnicos e as práticas de bem-estar animal aplicadas à avicultura de postura no país, unindo no discurso a visão do Governo, das empresas e dos produtores. Ao mesmo tempo, será proporcionada aos produtores de ovos uma atualização do tema na cadeia produtiva.

O evento acontece no Centro de Eventos Padre Cleto Caliman (Polentão), durante a 5ª Favesu, Feira de Avicultura e Suinocultura Capixaba. A organização é dos pesquisadores da Embrapa Helenice Mazzuco e Paulo Abreu, do professor Iran José Oliveira da Silva, da Nupea - Esalq/USP, e de Carolina Covre, médica veterinária da AVES (Associação dos Avicultores do Espírito Santo). Informações pelos telefones 49 3441-0400 (Embrapa) ou 27 3288-1182 …

Congresso Brasileiro de Agroinformática vai discutir internet das coisas

Imagem
“IoT na agricultura” é o tema do XII Congresso Brasileiro de Agroinformática (SBIAgro 2019), que acontece de 11 a 14 de novembro, na Faculdade de Tecnologia (Fatec) de Indaiatuba (SP). Considerado o principal evento científico da área de informática aplicada à agricultura no Brasil, o congresso busca promover o compartilhamento de resultados de pesquisas, a troca de ideias sobre trabalhos em andamento e o desenvolvimento de inovações para o setor.

A internet das coisas (IoT) aplicada à agricultura refere-se à capacidade de conectar objetos, desde sensores, drones até colheitadeiras, otimizando as atividades no campo. O resultado esperado a partir da aplicação desta tecnologia é a geração de benefícios à atividade agrícola, como a redução de custos, o aumento da produtividade e a agregação de valor à produção.

Dentro do tema do SBIAgro 2019, serão aceitos trabalhos nas áreas de automação, agricultura de precisão, geotecnologia, sistemas inteligentes, Big Data, aprendizado de máquina e …

Cachoeira do Sul - RS sediará o II Simpósio Sul-Americano da Noz-Pecã

Imagem
Está chegando a hora do II Simpósio Sul-Americano da Noz-Pecã, entre os dias 11 e 12 de abril em Cachoeira do Sul/RS, os participantes poderão conferir palestras e painéis apresentados por especialistas da América do Sul e América do Norte com o objetivo de unir todos os elos da cadeia produtiva e discutir os desafios da pecãnicultura. O evento ainda vai contar com um dia de campo, mostra de trabalhos científicos e com a II Abertura Oficial da Colheita da Noz-Pecã, cerimônia em que estarão presentes autoridades e lideranças estaduais. As inscrições são limitadas, podem ser realizadas através do link e acontecem até o dia do evento.

O Simpósio procura fortalecer o cultivo da nogueira-pecã como alternativa de diversificação produtiva e geração de renda para agricultura brasileira, bem como mostrar o cenário atual e as tendências de mercado dessa cultura. Para isso, os painéis vão contar com palestrantes vindos da Argentina, Chile, Estados Unidos, México e Uruguai.

Assim, o evento prom…

Aumentar em 20% a área de florestas plantadas é objetivo do Mapa

Imagem
Novas ações desenvolvidas pelo Serviço Florestal Brasileiro, políticas para o setor e o Plano Nacional de Desenvolvimento das Florestas Plantadas-Plantar Florestas, estão sendo discutidas na Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Florestas Plantadas no Ministério da Agricultura, na tarde desta quinta feira (21), data declarada pela Organização das Nações Unidas como o Dia Internacional das Florestas. O Brasil tem o que comemorar. Além de preservar e proteger a vegetação nativa em 66% de seu território, o que representa 560 milhões de hectares, as empresas florestais brasileiras são responsáveis pela conservação de 5,6 milhões hectares das áreas nativas.

Lançado em dezembro pelo Mapa, o Plano Nacional de Desenvolvimento de Florestas Plantadas - PlantarFlorestas, possui ações previstas para os próximos dez anos. O objetivo é aumentar em 2 milhões de hectares a área de cultivos comerciais. Atualmente, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a área c…

Brasil será palco de discussões sobre pesquisa florestal

Imagem
Congresso Mundial de Pesquisa Florestal acontece pela primeira vez na América Latina e vai discutir “Pesquisa Florestal e Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável”

Nesta Dia Internacional das Florestas, a organização do XXV Congresso Mundial da União Internacional de Organizações de Pesquisa Florestal (IUFRO2019) comemora a submissão e aprovação de mais de 4.000 resumos, que serão apresentados entre sessões orais e pôsteres. Ao todo, 3.200 pesquisadores, de 114 países, submeteram trabalhos para o Congresso, que será realizado entre 29/09 e 05/10/2019, em Curitiba (PR).

O Congresso, considerado o maior evento de pesquisa florestal do mundo, terá como tema principal “Pesquisa Florestal e Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável” e é a primeira vez que acontece na América Latina

A expectativa em relação ao número de trabalhos submetidos foi amplamente superada. Para o presidente da Comissão Organizadora do Congresso, Joberto Veloso, do Serviço Florestal Brasileiro, “a quantida…

Ribas do Rio Pardo-MS duplica área cultivada com soja

Imagem
Está havendo uma expansão nas lavouras de soja do município de Ribas do Rio Pardo, que em apenas um ano, aumentou em 48% a área cultivada. Atualmente, o município, localizado a 102 quilômetros de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, conta com 21 mil hectares.

O pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste, Julio Cesar Salton destaca a eficiência do sistema produtivo adotado pelo município que contribui com a recuperação de pastagens degradas e com a melhoria da qualidade do solo, contribuindo com a sustentabilidade da região.

“O cultivo de soja em sistema rotacionado com pastagens é conhecido com Integração-Lavoura-Pecuária (ILP) e é amplamente recomendado pela Embrapa”, acrescenta Salton. Segundo o pesquisador, dentre os inúmeros benefícios do ILP, destacam-se a melhoria na estruturação física do solo, devido ao efeito das raízes da pastagem, dos teores de matéria-orgânica do solo, além da reciclagem e disponibilidade de nutrientes. Ele enfatiza ainda que “o ILP resulta num benefício mu…

Extrativistas discutem como acessar novos mercados para a castanha-do-brasil

Imagem
Moradores do Seringal Porvir, localizado na Reserva Extrativista Chico Mendes, município de Epitaciolândia (AC), e gestores da Associação Wilson Pinheiro, localizada no Seringal Porvir pretendem vender a próxima safra de castanha-do-brasil, produto também conhecido como castanha-do-pará, de forma diferenciada. Essa foi a principal meta definida pela diretoria da entidade e produtores rurais, durante o debate sobre mercado da castanha, realizado pelo projeto Castanhal: uso sustentável da sociobiodiversidade. Realizado na primeira semana de março, o encontro contou com a parceria da Embrapa Acre (Rio Branco) e Embrapa Rondônia (Porto Velho).

“É importante saber lidar com o mercado, ter noção de como está no momento e como ficará futuramente. Vamos dialogar com os associados e verificar alternativas para ampliar o mercado da castanha. Provavelmente vamos fazer venda coletiva para conseguir preços mais justos para o produto”, afirma o presidente da associação, Rozinei Silva, um dos parti…