Últimas Notícias

Estudos em avicultura colonial contribuem para divulgar curiosidades sobre as galinhas



Criadas em propriedades rurais, em aviários ou em granjas. As galinhas são as aves mais comuns do mundo, estima-se que sua população seja de 19 bilhões. Podem ser criadas em maior ou em menor quantidade, para consumo familiar ou sendo uma renda extra para a propriedade. Das galinhas tudo pode ser aproveitado, os ovos e a carne podem ser consumidos ou vendidos e, as penas são utilizadas de diversas formas, inclusive na produção de rações.

Mesmo sendo aves comuns, ainda existem muitas curiosidades a se descobrir sobre elas. E não se trata apenas de quem veio primeiro se foi o ovo ou ela, esta questão já é ultrapassada. O pesquisador da Embrapa Clima Temperado(Pelotas/RS), João Pedro Zabeleta, especialista em avicultura colonial e orgânica, responde e explica algumas curiosidades sobre as galinhas.

É possível a galinha colocar mais de um ovo por dia? “O ciclo de postura, desde a liberação do óvulo, passagem pelo oveduto, demora entre 24 e 25 horas, portanto, não é possível a galinha produzir mais de um ovo por dia”, esclarece Zabaleta.

Por que em algumas épocas as galinhas diminuem a produção de ovos? Zabaleta explica que o período de luz do dia, chamado de fotoperíodo, interfere na quantidade de ovos que a galinha coloca. A galinha está programada para colocar o ovo para se reproduzir, quando ela percebe que o período de luz diário está diminuindo e que o inverno está se aproximando, ela para de colocar ovos, pois entende que seus pintinhos irão nascer em um período frio e com escassez de alimentos. Quando inicia a primavera ela observa que existem mais insetos e que o calor se aproxima, e assim, seu filhote não vai passar frio e nem fome e retorna a colocar ovos diariamente.

Qual a raça ideal para postura e para corte? A pesquisa não utiliza raças, mas utiliza linhagens. As linhagens misturam duas raças diferentes, são filhos de um pai com uma genética e de uma mãe de outra genética. “As linhagens mais indicadas dependem do nível tecnológico do agricultor, se ele realiza um manejo com uma alimentação mais simples [pastagens e milho] não adianta investir em linhagens de alta produtividade, é preferível uma linhagem mais rústica. Já se o produtor investe em mais tecnologia, possui equipamento de água por gotejadores, aplica vacinas, trabalha com um nível de energia maior, vale a pena investir em mais tecnologia”, afirma Zabaleta.

Qual é o conceito de avicultura colonial? É um sistema em que as galinhas ficam confinadas a noite, em uma média de seis a dez aves por metro quadrado e, durante o dia são liberadas para caminhar em um terreno de em média três metros quadrados por ave. De noite a galinha fica protegida e durante o dia fica pastando, caminhando e se desestressando. “Dessa forma ela desenvolve um sistema imunológico mais forte, o que diminui o número de medicamentos que serão utilizados, esse sistema também pode ser chamado de frango verde ou galinha feliz”, ressalta Zabaleta.

Catarine Thiel (Colaboradora)
Embrapa Clima Temperado

Nenhum comentário