Tecnologias sustentáveis são apresentadas na Bahia Farm Show



A Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária localizada em Brasília-DF, leva ao público da 15ª Bahia Farm Show, que começa neste dia 28/5 em Luís Eduardo Magalhães (BA), duas tecnologias sustentáveis para o combate a pragas, em especial nas culturas de milho, soja, algodão, feijão e cana-de-açúcar.

Na feira, considerada a maior vitrine do agronegócio do Norte e Nordeste do Brasil e uma das três maiores do país em volume de negócios, o produtor conhecerá o bioinseticida à base de Bacillus thuringienses (BT), que combate a Helicoverpa (Helicoverpa armigera), lagarta da espiga de milho (Helicoverpa zea), lagarta da soja (Anticarsia gemmatalis), lagarta falsa-medideira (Chrysodeixis includens) e lagarta do cartucho (Spodoptera frugiperda).

Em fase de registro nos órgãos competentes, o bioinseticida demonstrou ser 15% mais eficaz que o produto comercial de referência em testes realizados a campo. A grande vantagem dessa tecnologia é que sua formulação não contamina o meio ambiente e não atinge os inimigos naturais das cinco lagartas, responsáveis por imensas perdas nas culturas de algodão, milho e soja.


Tecnologia verde baseada na associação de extrato vegetal nematotóxico e biofertilizante


Agricultores e demais visitantes da Bahia Farm Show também poderão conferir a tecnologia verde baseada na associação de extrato vegetal nematotóxico e biofertilizante, assinada pela Embrapa em parceria com a Carbom Brasil. O produto apresenta atividade nematicida superior a 97% contra o fitonematóide Meloidogyne incognita (ou Nematóide-das-galhas). Este fitopatógeno provoca alterações na raiz da planta prejudicando significativamente a produção e acarretando prejuízos anuais estimados em milhões de dólares.

O produto, de autoria dos pesquisadores Thales Lima Rocha, Vera Lúcia Perussi Peloz, Dilson da Cunha Costa, João Batista Teixeira e do empresário Leandro Gai Anversa, foi testado em bioensaios conduzidos em casa de vegetação e diminuiu em 98% o número de ovos de M.incognita. A tecnologia também foi validada a campo em duas diferentes áreas de cultivo de soja localizadas no Paraná e em Goiás, onde foi verificada a redução da densidade populacional de Meloidogyne incognita e Pratylenchus brachyurus. As culturas mais afetadas pelo Nematóide-das-galhas são o algodão, o café, o feijão, o milho, a cana-de-açúcar, entre outros.

Saiba mais sobre a Bahia Farm Show


Na edição do ano passado, a Bahia Farm Show atingiu o volume de R$ 1,891 bilhão em negócios. De acordo com os organizadores deste evento, a feira está na segunda posição de vendas por visitantes no cenário brasileiro em eventos de agronegócio. Pelo menos 57,5 mil pessoas conferiram as tecnologias da mostra em 2018, que contou com expositores da Alemanha, Espanha e Estados Unidos.

A Bahia Farm Show é realizada pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) e Instituto Aiba (IAiba), com o apoio da Associação dos Revendedores de Máquinas e Equipamentos Agrícolas do Oeste da Bahia Ltda (Assomiba), Fundação Bahia e Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães.

Serviço
O que: Bahia Farm Show 2019
Data: 28 de maio a 1º de junho
Complexo Bahia Farm Show: BA 020/242, km 535 – Luís Eduardo Magalhães – Bahia

Deva Rodrigues (MTb 5297/RS)
Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia

Comentários

Mais vistas da semana

GEDAVE – O que é, como funciona e pontos de atenção da etapa de Cadastro

Galinhas caipiras poedeiras: a avicultura adaptada a pequenas propriedades é negócio rentável e com mercado promissor

Embrapa oferta material propagativo de mandiocas de indústria para o Brasil Central

Aprenda a controlar pragas que atacam limoeiros

Qual o melhor herbicida para pastagens?