Últimas Notícias

Iufro 2019 aborda “árvores fora da floresta” na análise da paisagem



“Árvores fora da floresta” (AFF ou, em inglês, TOFs - Trees outside forests) é um conceito usado em termos de classificação de uso/cobertura da terra no contexto da análise da paisagem. Ele se refere às árvores que ocorrem de forma isolada, localizadas em áreas definidas como não-floresta: espalhadas em campos e pastagens, áreas agrícolas, ao longo de estradas, ferrovias, rios, córregos ou ainda em usos urbanos, como árvores de rua e parques.

Para discutir a importância, definições e estratégias de avaliação para as TOFs, será realizada sessão técnica do XXV Congresso Mundial da Iufro, que acontece no dia 30 de setembro, das 15h30 às 17h30, na sala R14, asa 02.

Pesquisadores do Brasil, Nigéria, África do Sul, Gana, Alemanha, Holanda e Suécia participarão da sessão que será coordenada pela pesquisadora da Embrapa Florestas, Yeda Malheiros de Oliveira: “O interesse em TOFs cresceu nos últimos levantamentos da Forest Research Assessment, conduzida pelo FAO, e com relatórios de análise da paisagem dos últimos cinco anos em 234 países”, explica Oliveira.

Com isso, a proposta da sessão é trazer contribuições ao tema, avaliando os seguintes aspectos: TOFs em áreas urbanas (florestas urbanas e outras áreas); o papel das árvores nos sistemas agroflorestais; o papel e a importância dos TOFs em paisagens fragmentadas, sua avaliação por sensoriamento remoto; análise de paisagem incluindo TOFs como uma subclasse de mapeamento. “Trazer este tema para o Congresso do IUFRO é uma possibilidade de trocarmos experiências, analisar o que está sendo feito de novo e o que pode ser adotado como metodologia eficiente em TOFs”, complementa a pesquisadora.

Serão abordados sete casos: “O papel das árvores nos sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF)”, por Renato Rodrigues, da Embrapa Solos; “Salvamento de árvores indígenas em áreas urbanas: crenças socioculturais dos remanescentes de Iroko, na Nigéria”, por Folaranmi Dapo Babalola, da Universidade de Ilorin, Nigéria; “ Métricas da paisagem da floresta urbana de Curitiba”, por Mayssa Grise, da Universidade Federal do Paraná; “Gerenciamento sustentável de árvores em fazendas no cenário fora de reservas em Gana”, por Valerie Fumey Nassah, da Comissão Florestal de Gana; “Porcentagem histórica de cobertura arbórea de TOF: métodos e desafios ao usar imagens do Landsat”, por Nils Nölke, da Universidade de Goettingen, Alemanha; “Mapeamento de TOFs e sua contribuição para a biomassa acima do solo”, por Mostarin Ara, da Universidade Sueca de Ciência Agrícola, Suécia; e “Outras terras com árvores no Inventário Florestal Brasileiro (NFI-BR)”, por Marilice Garrastazu, pesquisadora da Embrapa Florestas.

Sobre a IUFRO


A União Internacional de Organizações de Pesquisa Florestal (IUFRO, na sigla em inglês) é uma entidade não governamental e sem fins lucrativos, criada em 1892. É a rede global de cooperação em ciências florestais que reúne, de forma voluntária, mais de 15.000 cientistas em quase 700 organizações associadas, em 126 países. A IUFRO também é parte da CPF (Parceria Colaborativa em Florestas), um grupo formado no âmbito do Fórum de Florestas das Nações Unidas (UNFF) e que reúne 14 organizações internacionais, instituições e secretariados de convenções internacionais em torno da agenda global sobre florestas.

Visando congregar e compartilhar conhecimentos, a IUFRO realiza mais de 70 reuniões técnico-científicas por ano. Realiza também congressos regionais e, a cada cinco anos, o Congresso Mundial, que é o seu principal evento. O primeiro congresso mundial da IUFRO ocorreu em Viena, na Áustria, em 1893, e o vigésimo quarto e último, em Salt Lake City, EUA, em 2014. Esses congressos são interdisciplinares, integradores em conteúdo científico e reúnem cientistas, professores, estudantes, empresas florestais, tomadores de decisão e outros atores. Nessas ocasiões são criadas oportunidades para discussões relacionadas a áreas prioritárias de pesquisa, política e gestão florestal.

Para saber mais sobre a IUFRO, acesse: https://www.iufro.org/

Sobre o Serviço Florestal Brasileiro


O Serviço Florestal Brasileiro é um órgão ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que tem como missão promover o conhecimento, o uso sustentável e a ampliação da cobertura florestal, como agenda estratégica para a economia do país. O órgão tem entre suas principais atribuições gerir as concessões florestais federais, coordenar o Inventário Florestal Nacional e realizar a gestão nacional do Cadastro Ambiental Rural e outros instrumentos para a implementação efetiva do Código Florestal Brasileiro.

Para saber mais sobre o Serviço Florestal Brasileiro, acesse: http://www.florestal.gov.br/

Sobre a Embrapa


A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) é vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e tem foco na inovação tecnológica, visando à geração de conhecimento e tecnologia para agropecuária brasileira. A temática florestal é pesquisada na empresa há mais de 40 anos, com atuação em todos os biomas e contribuindo para aumento da produtividade, a redução de custos de produção, o aumento da oferta de produtos florestais no mercado de forma sustentável, além da melhoria e conservação do meio ambiente.

Para saber mais sobre a Embrapa, acesse: https://www.embrapa.br

Serviço

XXV Congresso Mundial da IUFRO

De: 29/09 a 05/10

Local: Expo Unimed, campus da Universidade Positivo (Endereço: R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300)


Acompanhe o Congresso pelas Redes Sociais

Instagram: @iufro2019
Facebook
Youtube.com/embrapa
Fotos: iufro.fotop.com.br

Assessoria de imprensa IUFRO
Embrapa Florestas

Nenhum comentário