Últimas Notícias

Plantio de araucárias abre os trabalhos do maior congresso de pesquisa florestal do mundo em Curitiba



O XXV Congresso Mundial da União Internacional de Organizações de Pesquisa Florestal (IUFRO, na sigla em inglês) começou neste domingo, 29, em Curitiba, em cerimônia especial com o plantio de cinco novas araucárias, de três diferentes regiões do mundo. A solenidade foi realizada no Jardim Botânico da capital paranaense com a presença de diversas autoridades e participantes do congresso. A cerimônia marca o início do evento, que vai até dia 5 de outubro.

Este congresso é realizado pala IUFRO desde 1893 e é a primeira vez que ocorre na América Latina. São cerca de 2.500 participantes e 40% deles são brasileiros. “É uma oportunidade única de interagir com pesquisadores e especialistas do mundo inteiro. Todos focados em pesquisas voltadas para as florestas. Nós viemos juntos para plantar árvores, em especial a araucária, símbolo do Paraná, que está correndo riscos de acabar e estamos muito preocupados com isso”, destacou o presidente da IUFRO Mike Wingfield.

Para o coordenador do Comitê Organizador do Congresso da IUFRO, Joberto Freitas, as questões discutidas no evento são sempre relevantes para subsidiar temas globais relacionados às florestas. “Nós falamos sobre ciência, sobre conhecimento e a importância disso para todo o tipo de ação que se tenha em relação às florestas”, afirmou Joberto Freitas. Segundo o professor da Universidade Federal do Paraná, Flávio Zanette, as araucárias estão no planeta a mais de 150 milhões de anos. “O plantio de araucárias é a principal contribuição para evitar que ela seja extinta. Me enche o coração de alegria saber que o mundo vai nos ajudar a salvar a nossa araucária”, desabafou Zanette em seu discuso durante a solenidade.

A cerimônia também contou com as presenças do Chefe Geral da Embrapa Florestas, Edson Tadeu Iede, do Diretor Geral do Serviço Florestal Brasileiro, Valdir Colatto, da Secretária Municipal de Meio Ambiente, Marilza do Carmo Oliveira Dias, além de outras autoridades e participantes do Congresso.

Novas araucárias


O Jardim de Araucárias fica dentro do Jardim Botânico e foi enriquecido com cinco novas árvores. A Araucaria montana veio da Nova Caledônia, e só ocorre naquela região; a Araucaria heterophylla, das Ilhas Norfolk, na Austrália; uma Araucária carinhosamente apelidada de “Mercosul”, pois é uma enxertia de Araucaria araucana, nativa do Chile (que corre risco de extinção) e que não se desenvolve sozinha no Brasil, em uma Araucaria angustifolia, brasileira. Este enxerto é resultado de estudos do Prof. Flavio Zanetti, da Universidade Federal do Paraná, que estará presente no evento. Outro tipo de enxerto, de Araucaria angustifolia com Araucaria bidwillii (outra australiana) também foi plantado. A quinta muda plantada foi um clone de uma araucária de alta produtividade de pinhão da região de Caçador.

Ao todo, existem 19 espécies de Araucária no mundo e a ideia do pesquisador José Tadeu Motta, do Museu Botânico de Curitiba, responsável pelo Jardim, é cada vez mais enriquecer a coleção. Todas estas mudas são fruto de trabalhos de pesquisa científica, o que é mais significativo ainda no contexto do Congresso.

O Congresso – IUFRO2019, organizado no Brasil pela Embrapa e pelo Serviço Florestal Brasileiro, acontece entre os dias 29 de setembro de 05 de outubro, no Expo Unimed Curitiba, localizado na Universidade Positivo. Pela primeira vez na América Latina e com palestrantes de importância global na área de pesquisa florestal, o congresso vai abordar “Pesquisa Florestal e Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável”. A expectativa é de que o congresso receba cerca de 2.500 mil participantes, de mais de 90 países.

Na programação, estão agendadas plenárias, subplenárias, sessões e excursões técnicas, além de eventos paralelos, tudo englobando cinco temas estratégicos: “Florestas para as Pessoas”; “Florestas e Mudanças Climáticas”; “Florestas e Produtos Florestais para um Futuro Mais Verde”; “Biodiversidade, Serviços Ambientais e Invasões Biológicas”; e “Florestas, Interação com o Solo e Água”.

Para mais informações, acesse: www.iufro2019.com

Sobre a IUFRO


A União Internacional de Organizações de Pesquisa Florestal é uma entidade não governamental e sem fins lucrativos, criada em 1892. É a rede global de cooperação em ciências florestais que reúne, de forma voluntária, mais de 15.000 cientistas em quase 700 organizações associadas, em 126 países. A IUFRO também é parte da CPF (Parceria Colaborativa em Florestas), um grupo formado no âmbito do Fórum de Florestas das Nações Unidas (UNFF) e que reúne 14 organizações internacionais, instituições e secretariados de convenções internacionais em torno da agenda global sobre florestas.

A IUFRO realiza mais de 70 reuniões técnico-científicas por ano, para congregar e compartilhar conhecimentos. Realiza também congressos regionais e, a cada cinco anos, o Congresso Mundial, que é o seu principal evento. O primeiro congresso mundial da IUFRO ocorreu em Viena, na Áustria, em 1893, e o vigésimo quarto e último, em Salt Lake City, EUA, em 2014. Esses congressos são interdisciplinares, integradores em conteúdo científico e reúnem cientistas, professores, estudantes, empresas florestais, tomadores de decisão e outros atores. Nessas ocasiões são criadas oportunidades para discussões relacionadas a áreas prioritárias de pesquisa, política e gestão florestal.

Para saber mais sobre a IUFRO, acesse: https://www.iufro.org/

Sobre o Serviço Florestal Brasileiro


O Serviço Florestal Brasileiro é um órgão ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que tem como missão promover o conhecimento, o uso sustentável e a ampliação da cobertura florestal, como agenda estratégica para a economia do país. O órgão tem entre suas principais atribuições gerir as concessões florestais federais, coordenar o Inventário Florestal Nacional e realizar a gestão nacional do Cadastro Ambiental Rural e outros instrumentos para a implementação efetiva do Código Florestal Brasileiro.

Para saber mais sobre o Serviço Florestal Brasileiro, acesse: http://www.florestal.gov.br/

Sobre a Embrapa


A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) é vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e tem foco na inovação tecnológica, visando à geração de conhecimento e tecnologia para agropecuária brasileira. A temática florestal é pesquisada na empresa há mais de 40 anos, com atuação em todos os biomas e contribuindo para aumento da produtividade, a redução de custos de produção, o aumento da oferta de produtos florestais no mercado de forma sustentável, além da melhoria e conservação do meio ambiente.

Para saber mais sobre a Embrapa, acesse: https://www.embrapa.br

Acompanhe o Congresso pelas Redes Sociais


Instagram: @iufro2019
Facebook
Youtube.com/embrapa
Fotos: iufro.fotop.com.br

Assessoria de Imprensa Congresso IUFRO
Embrapa Florestas

Nenhum comentário