Tecnofam x Coronavírus - Hortaliças são doadas para instituições de caridade



A Tecnofam 2020 (Tecnologias e Conhecimentos para a Agricultura Familiar) foi adiada devido à pandemia de coronavírus – Covid-19 e nova data está sendo programada para a sua realização. Mas, assim como nas outras três edições, a Embrapa Agropecuária Oeste, promotora do evento, e os realizadores da Tecnofam, doam os alimentos produzidos na área de Tecnologias a Campo para instituições filantrópicas.

Neste ano, estão sendo colhidas as hortaliças e doadas para duas instituições de caridade, sem fins lucrativos, de Dourados, MS: o Lar Ebenezer e a Toca de Assis. A primeira acolhe crianças e adolescentes menores de 18 anos que se encontram em situação de risco e vulnerabilidade social. A Toca de Assis faz o acolhimento de moradores de rua. Estão sendo doados alfaces (americana, crespa, colorida), pimentões (Topaz e Canário), tomates-cereja, tomates, pimenta-de-cheiro, pepino, abóbora italiana, coentro. Também serão doados mamão e maracujá. A ação social começou no dia 31 de março.

“A doação é uma parte do trabalho social. O evento, como um todo, tem esse cunho social pelo próprio tema, por trabalhar especificamente com os agricultores familiares – os tradicionais, quilombolas, indígenas e assentados. Faz parte do DNA da Tecnofam. Sempre temos a preocupação em trazer esse público para qualificá-los a partir do acesso de tecnologias. Prezamos, inclusive por levar a eles tecnologias sociais que poupam utilização de insumos, por exemplo, e, claro que possam gerar renda para o produtor”, diz Auro Akio Otsubo, Chefe Adjunto de Transferência de Tecnologia da Embrapa Agropecuária Oeste.

O Chefe Geral interino da Embrapa Agropecuária Oeste, Harley Nonato de Oliveira, diz que a Tecnofam será realizada e já trabalha para que o evento seja realizado ainda este ano. Além disso, ele enfatiza que as pesquisas e atividades de transferência de tecnologia da Embrapa não pararam devido à pandemia do coronavírus – Covid-19.

“Só que alteramos nossa dinâmica de trabalho, adotando medidas, em caráter preventivo, que atendem às determinações da Diretoria Executiva da Embrapa e às recomendações do Ministério da Saúde. Seguimos trabalhando com o objetivo de cumprir a missão da Embrapa, estamos aqui para ‘viabilizar soluções de pesquisa, desenvolvimento e inovação para a sustentabilidade da agricultura, em benefício da sociedade brasileira’, reforça Nonato.

Realizadores da Tecnofam 2020 – Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, Embrapa, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Associação de Produtores Orgânicos de Mato Grosso do Sul (Apoms), Sebrae, Senar MS e prefeitura municipal de Dourados.


Sílvia Zoche Borges (DRT-MG 08223)
Embrapa Agropecuária Oeste

Comentários

Mais vistas da semana

No Maranhão extrativistas da amêndoa de babaçu recebem mais R$ 450 mil em subvenções

Cafés do Brasil obtêm Denominação de Origem para a Mantiqueira de Minas

Cebola e batata ficam mais baratas nos principais mercados atacadistas

GEDAVE – O que é, como funciona e pontos de atenção da etapa de Cadastro

Programa de melhoramento de bovinos de carne adota critérios mais objetivos e amplia análise de rebanhos