Aquicultura terá palestras na AgroBrasília 2020


Durante a AgroBrasília 2020, que acontecerá de forma totalmente virtual entre 6 e 10 de julho, a Embrapa Pesca e Aquicultura (Palmas-TO) vai apresentar três palestras previamente gravadas. Os temas giram em torno da aquicultura, a principal área de pesquisa trabalhada na Unidade, que coordena trabalhos de âmbito nacional nesse cada vez mais importante segmento do agronegócio brasileiro.

Uma das palestras, com o pesquisador Manoel Pedroza, é sobre o Centro de Inteligência e Mercado em Aquicultura (CIAqui). Quem explica o que é esse centro é o próprio pesquisador: “É uma plataforma online desenvolvida pela Embrapa Pesca e Aquicultura no âmbito do projeto BRS Aqua, que tem por objetivo disponibilizar informações estratégicas sobre a cadeia produtiva da aquicultura”.

Entre os conteúdos disponibilizados, há dados sobre: produção nacional (por espécie, por estado e por região); comércio exterior, incluindo números relativos a importações, exportações e preços da tilápia praticados nos Estados Unidos; cotações de preços de pescado praticados na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp); custos de produção.

Há ainda um material técnico de apoio para a operacionalização do regime aduaneiro de drawback para exportações de tilápia, publicações técnicas relacionadas à aquicultura, além de notícias e artigos sobre esse segmento do agronegócio. De acordo com Manoel, “em 2020 o CIAqui irá expandir seu conteúdo a partir de novos dados sobre produção mundial da aquicultura e estudos sobre o mercado nacional de peixes de cultivo, além de outros conteúdos relacionados à economia do setor aquícola”.

Outro assunto que será abordado pela Embrapa Pesca e Aquicultura na AgroBrasília 2020 é o Site Aquicultura, projeto que vem construindo um Sistema de Inteligência Territorial Estratégica (Site) para o segmento. Quem o lidera é a geógrafa Marta Ummus. “O projeto tem como objetivo principal desenvolver um geoweb aplicado para subsidiar a gestão da aquicultura no Brasil. A disponibilização fácil e objetiva de dados e informações espaciais sobre a aquicultura em território nacional facilitará a tomada de decisão tanto na esfera pública quanto na iniciativa privada e subsidiará a elaboração e a aplicação de políticas públicas voltadas ao desenvolvimento sustentável do setor”, explica. O projeto divulgará, nos próximos meses, informativos periódicos sobre seus trabalhos.

Já a pesquisadora Patrícia Mochiaro vai tratar do Entreposto Móvel de Pescado (EMP) em sua palestra. “Falarei sobre o surgimento do projeto Entreposto Móvel de Pescado e como ele se tornou um projeto, seus objetivos e características, como ele foi desenvolvido pela Embrapa em parceira com empresas privadas, além dos resultados da validação microbiológica, análise da viabilidade econômica e um estudo de mercado do produto”, detalha.

Serviço:
O que: AgroBrasília 2020
Quando: de 6 a 10 de julho
Onde: as palestras estarão disponíveis no site oficial do evento - https://digital.agrobrasilia.com.br/

Clenio Araujo (6279/MG)
Embrapa Pesca e Aquicultura

Comentários

Mais vistas da semana

No Maranhão extrativistas da amêndoa de babaçu recebem mais R$ 450 mil em subvenções

Cafés do Brasil obtêm Denominação de Origem para a Mantiqueira de Minas

Cebola e batata ficam mais baratas nos principais mercados atacadistas

GEDAVE – O que é, como funciona e pontos de atenção da etapa de Cadastro

Programa de melhoramento de bovinos de carne adota critérios mais objetivos e amplia análise de rebanhos