Repositório Pescoteca é disponibilizado pela Prefeitura Municipal de Campinas


Equipe da Embrapa Territorial concluiu o desenvolvimento do repositório Pescoteca e entregou o produto, no início de julho, à Prefeitura Municipal de Campinas. A Pescoteca é um dos resultados previstos no Acordo de Cooperação Técnica entre a Embrapa Territorial e a Prefeitura Municipal de Campinas, referente às ações do Programa Pesquisa e Conhecimento na Escola (Pesco). O ambiente foi instalado pelo Informática de Municípios Associados (IMA) e pode ser acessado no link: https://dspace.ima.sp.gov.br/jspui/.

O Pesco oferece anualmente um curso com o objetivo de trabalhar a metodologia científica com professores e alunos de forma articulada com o projeto pedagógico de cada unidade escolar e utiliza o Atlas Escolar da Região Metropolitana de Campinas como referência. O repositório Pescoteca disponibiliza os relatos das atividades de pesquisa desenvolvidas por professores e alunos ao longo do curso.

“Nós da Embrapa e todos os demais participantes do Pesco tínhamos contato com os trabalhos realizados pelos cursistas no Fórum Estudantil de Pesquisa (FEP), mas não havia um ambiente que pudesse hospedar tudo isso e divulgar os trabalhos pela internet, para a Rede e para outros interessados. Então, a partir daí, surgiu a ideia de organizarmos o repositório, para que essa produção não se perdesse ao longo do tempo”, explica a pesquisadora Cristina Criscuolo, coordenadora da Embrapa no Pesco.

O trabalho com o desenvolvimento do repositório iniciou no ano passado e contemplou as seguintes fases: identificação de um modelo; proposta de um fluxo editorial contemplando as etapas de produção até a efetiva publicação dos trabalhos dos cursistas; e o desenvolvimento do ambiente. O repositório foi construído usando a tecnologia DSpace e utilizou como referências os Repositórios Institucionais de Acesso Aberto da Embrapa: Infoteca-e e Alice.

Pescoteca

As publicações disponíveis no repositório estão catalogadas por unidades escolares de ensino fundamental da Rede Municipal de Ensino de Campinas. Cada unidade escolar é uma comunidade na Pescoteca e tem sua coleção de relatos da prática, resultante da atuação do corpo docente escolar junto ao Pesco.

Um dos relatos disponíveis na Pescoteca é o da professora Cristiane Alves, da EMEF Dr. Edson Luís Chaves. No trabalho “Conhecendo minha realidade”, alunos do 5o ano exploraram o Atlas Escolar da Região Metropolitana de Campinas, a internet e o Google Earth para conhecerem a história de Campinas e do bairro em que a escola está localizada. Um dos resultados foi o desenho do mapa da cidade. 

Além da organização em comunidades e coleções, os documentos também podem ser recuperados por nome dos autores, títulos, assuntos e data de submissão, a qual coincide com a data de participação do docente no Pesco.

O repositório foi desenvolvido por especialistas da Embrapa Informática Agropecuária e Embrapa Territorial, com apoio técnico da Prefeitura Municipal de Campinas. Ainda contou com a parceria da Secretaria Municipal de Educação de Campinas e do Centro de Formação, Tecnologia e Pesquisa da Rede Municipal de Educação de Campinas.

Liliane Castelões (16.613 MTb/RJ)
Embrapa Territorial

Comentários

Mais vistas da semana

No Maranhão extrativistas da amêndoa de babaçu recebem mais R$ 450 mil em subvenções

Cebola e batata ficam mais baratas nos principais mercados atacadistas

Cafés do Brasil obtêm Denominação de Origem para a Mantiqueira de Minas

Programa de melhoramento de bovinos de carne adota critérios mais objetivos e amplia análise de rebanhos

Conab realiza pesquisa para os próximos levantamentos de grãos e café em Minas Gerais