No Maranhão extrativistas da amêndoa de babaçu recebem mais R$ 450 mil em subvenções


 

Neste mês, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) deu início ao pagamento de R$ 450 mil em subvenções destinadas a extrativistas da amêndoa de babaçu no Maranhão. A ação é realizada por meio da Política de Garantia de Preços Mínimos para os Produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio), com recursos provenientes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Um total de 264 extrativistas dos municípios de Lago do Junco, Lago dos Rodrigues e Poção de Pedras serão beneficiados. Eles coletaram o equivalente a 165 toneladas de produto a ser subvencionado. A PGPM-Bio garante o pagamento da subvenção para amenizar os efeitos da desvalorização de mercado quando os produtos são vendidos abaixo do preço mínimo.

Além dos pagamentos citados, a Conab já efetivou em 2020 no Maranhão a subvenção de mais de 2,8 mil toneladas de amêndoa de babaçu, gerando subvenções da ordem de R$ 6,4 milhões, distribuídos a 3.605 extrativistas do estado.

Comentários

Mais vistas da semana

Cuidados com a gestação e com ovinos recém-nascidos

Sauditas abrem mercado de mel e mantém importações de aves e de bovinos

Recria de bovinos de corte a pasto - Recria do boi 777

MELÃO: Com redução de oferta, orange se valoriza

Planilhas de formulação ração para bovinos confinados